domingo, 22 de agosto de 2010

POR QUE A CORUJA É O SÍMBOLO DA FILOSOFIA?

A coruja é o símbolo da Filosofia, ave de Minerva (deusa romana, sendo a deusa Atena para o povo grego). Desde muito tempo a coruja é tida como um dos símbolos da sabedoria. Quando a imagem de algum deus aparecia com uma coruja ao lado, este deus era apresentado como portador da sabedoria

A coruja vê na escuridão. A constituição física de seu pescoço permite que ela veja tudo a sua volta. Essa seria a pretensão da filosofia, por meio da razão poder ver racionalmente e entender o mundo mesmo nos seus momentos mais obscuros. E ainda procurar enxergá-lo sob os mais diversos ângulos. O sábio encherga coisas que os ignorantes não vêem.2°) A coruja é ligada a Atena, Deusa grega da Sabedoria.3º) Sendo a filosofia o estudo do conhecimento, sendo Atena a deusa da sabedoria, e sendo a coruja símbolo de Atena, logo, a coruja foi usada pra significar a filosofia.

A coruja é uma ave noturna. A coruja apreende a escuridão com a inteligência. Isso é também uma analogia da atividade filosófica, da passagem da elaboração mítica, na noite escura do tempo, para a interpretação racional, sob a luz natural.

A Coruja é uma ave de hábitos diferentes das outras aves, pois quando todas as outras aves estão migrando ou voltando para o ninho no final do dia, a coruja sai para fazer um vôo panorâmico sobre toda a sua região para saber o que lhe restou daquele dia. São animais com hipermetropia, não enxergam perto (a poucos centímetros), porém, em distâncias maiores, sua visão é perfeita, principalmente com pouca luz. A Coruja é conhecida por ter olhos bem grandes e sua cabeça é capaz de girar a 180 graus, ou seja, a coruja vê o que outros animais não conseguem ver.
Qual a relação com a filosofia?
A filosofia, por analogia, realiza faculdades “idênticas” as da coruja. A Filosofia faz um “vôo” sobre todas as realidades que cercam o homem, enxerga o que “restou do dia” enquanto outras faculdades estão satisfeitas com a “volta para casa”.
O Filósofo é chamado a alçar vôo no seu pensamento, ele tem os sentidos aguçados sobre as coisas, ele não é melhor do que outros, mas realiza a sua missão de enxergar de cima todas as coisas.
A sabedoria tem olhos grandes , não para cobiçar, mas para ver os detalhes, pois a sua visão deve ser completa (180 graus), em outras palavras, a sabedoria consiste em ver o que ninguém consegue ver.

A frase de Hegel, “a Coruja de Minerva levanta vôo somente ao entardecer”, alude ao papel importante que desempenha a filosofia. Ou seja, a filosofia só pode dizer algo sobre o mundo, através da linguagem da razão, depois das coisas terem acontecido.Assim, para a modernidade ocidental o símbolo da filosofia passa a ser a coruja, uma vez que ela não é adepta de uma visão unidirecional, ela gira a cabeça quase por completo, olhando para todos os lados. Penso que fica esclarecido porque é que a coruja e filosofia andam juntas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário